10 de set de 2013

Sou um Altar

10.09.2013 

Sou um Altar




Hoje Deus não usa mais altares passageiros, feitos de terra, nem altares de pedra que podem ser destruídos ou de madeira para ser carregado, mas Deus quer usar nossas vidas para manifestar sua presença.

Paulo certa vez esteve em um templo pagão e viu diversos altares e soube diferenciar todos eles até encontrar um altar diferente onde estava escrito “ao Deus desconhecido” (Atos 17.23). O apóstolo Paulo discerniu aquele altar e estrategicamente pregou para o povo declarando que o Deus a quem serve é maior que tudo e todos, criou o universo e nos salvou por um sacrifício verdadeiro de seu Filho Jesus Cristo que morreu na cruz para nos salvar. Você tem discernimento no altar? Reconheça o Altar como Santo, posicione-se corretamente e viva no Altar de Deus!

Devemos entender que hoje prevalece o "Tempo da Graça" e agora não mais sacrifícios de animais, não mais rituais simbólicos, ou quaisquer coisas mais. Neste tempo nós, seres viventes, fomos erigidos como altares vivos, com sacrifícios vivos, perfeitos e agradáveis a Deus. Não há mais necessidade de se deslocar, como fazia-se no "Tempo da Lei," quilômetros até uma templo para oferecer sacrifício, pois há um altar dentro de você, e o sacrifício não é mais de sangue, pois o sangue derramado na cruz do calvário valeu e vale desde agora e para sempre. O sacrifício de Cristo foi e é maior, e permanece para sempre. 

Se o Altar é um lugar santo, devemos respeitar e buscar estar sempre neste lugar procurando nos entregar a Deus. Se o Altar é uma posição, então devemos nos colocar em forma de adorador para viver em conformidade. Mas acima de tudo o altar deve ser a vida de cada cristão consagrando-se como templo do Espírito Santo de Deus.





Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário